Buscar
  • Clínica 5D

Dando adeus ao velho mundo

Música sugerida para acompanhar a leitura: Prologue, de Loreena McKennitt


Na postagem de hoje em nosso feed (26/04/21), o Fê conversou, de forma muito especial, sobre o que impede de avançar nas resistências.

Sinto que cada um de nós, da sua maneira, está sedento do NOVO, cada vez mais intensamente, em suas vidas. Mas, como podemos receber o novo em nossas vidas se continuarmos escolhendo nos apegar ao que nos mantém seguros?

Nada é permanente, gente! NADA! Nem uma folha de uma árvore amanhece da mesma forma como adormeceu. Nem uma gota de orvalho será igual a outra. Nem uma onda do mar irá fazer um mesmo movimento sem ter cumprido um ciclo de ondas…

Já que nada é permanente, vamos fazer o movimento de soltar o “medo de soltar”?

Respirem profundamente, peçam ajuda pra Consciência Divina te guiar, sintam-se envolvidos numa radiante luz azul, conectados coração a coração, e com o coração de nossa Sagrada Mãe Terra.


Digam em voz alta:

Hoje, eu digo adeus ao meu velho eu

Hoje, eu o abençôo

Amo-te mais que nunca,

Gratidão por ter me trazido até aqui

Mas agora é hora de se despedir…


Honro quem eu sou

Honro quem tu és

Somos parte do UM

E, de forma consciente

Me liberto de correntes

Que me separaram de mim


Hoje, eu digo adeus ao meu velho eu

Me rendo aos braços da Luz Divina

Que ao meu lado caminha

Pedindo permissão pra preencher

De Infinito amor

Meu coração!


Gratidão pela conexão, amados!


O amor que habita em mim ama o amor que habita em ti!