Buscar
  • Clínica 5D

Nem mentor espiritual, nem reiki

Vou contar pra vocês o que tem acontecido desde aquele texto da semana passada, aquele empurrão. O empurrão que eu me dei, me ouvindo...não foi sopro do mentor espiritual, nem recebi um reiki...


Escolhi destravar minha relação com a atividade física, de forma leve e prazerosa, porque pra mim, os resultados mais efetivos chegam dessa forma - e que eu respeito muito. É meu empurrão pra mim mesma, um trampolim pra outra fase.


O que é leve pra você serve PRA VOCÊ. Idem em relação ao prazer. Encontrar sua sintonia pra deslanchar é fundamental - em qualquer coisa na vida!!!


Então fiz um plano que chamei de “destrave”. Começou assim: no dia seguinte, fiz uma caminhada aproveitando o sol, e, no final, me dei uns minutos de conexão com a natureza.


Na quarta-feira, minha conexão com meu corpo foi através de exercícios de bioenergética - se você quer saber um pouco mais sobre isso, manda um direct lá no nosso insta @clinica5d que te conto como tem me ajudado com MUITA coisa...

Quinta-feira e escolhi o quê? DANÇAR! Sexta, outra caminhada e no sábado fiz algo bem zen.


“Você se matriculou numa aula de dança?” - perguntou meu amigo.

- Não, botei uma música e vou dançar aqui comigo mesma 🥰


Estou me dando ao luxo de me reexperimentar e não me cobrar ou punir pelo tempo que fiquei parada ou não mexi meu corpo como ele merecia.


Processos - a gente precisa ser compassiva conosco mesmas(os). Mas o mais incrível e maravilhoso disso tudo é compreender O QUE originou essa parada.


Aliás, pra você faz sentido? O que originou a parada de um hábito que você tinha? Um hábito que te dava prazer, alegria e bem-estar...


No meu caso, foi a necessidade que me impus inconscientemente de me adequar ao externo, às circunstâncias, horários, e outras pessoas... o mais louco é que esse cenário não existe mais - MAS EU FIQUEI PRESA NELE!!!!!


E tive esse insight aqui e agora, escrevendo!!! Outro dia falei para uma querida seguidora que escrever é SE ver. E é isso mesmo!!!


Já pedi ajuda pra Consciência Divina me arrancar desse “lugar mental”! Já deu...já captei a mensagem e o aprendizado!!! Escolho me libertar, se não houver mais nada nesse sentido que eu precise aprender “ali”. Só agradeço!!!!

Sempre bom lembrar que quando a gente se compromete com a gente, importante ter espaço pra flexibilidade. Responsabilidade e compromisso é uma coisa, engessamento é outra!!! Seja livre!


Semana que vem conto mais sobre esse destrave e compartilho com vocês!

Este texto te ajudou? Curiosa pra saber!


E aproveito e te convido pra saber como aprender a se ouvir mais! Conheça nossos atendimentos.


Um abraço!